Torcida Pacers – Roberto Raposo

Inauguro aqui uma nova seção do blog, a “Torcida Pacers”.

Nessa nova seção os torcedores do Pacers poderão falar um pouco de sua relação com o time, seu jogador ou jogadores favoritos, seu jogo ou jogos favoritos entre outras coisas.

Esse espaço servirá também para que os torcedores do Pacers se conheçam.

Nesse primeiro “Torcida Pacers”, quem conta sua história com o time é o Roberto Raposo de Maringá no Paraná.

——————————————————————————————————————————-

Nome: Roberto Raposo

Cidade: Maringá – PR

Twitter: @robertoraposo

Torço pro Pacers desde: 1998

Escolhi o Pacers porque: Quando comecei a acompanhar NBA, me lembrei daquele enorme “P” amarelo que via na Band no inicio dos anos 90

Jogo(s) inesquecível(is): Tenho 2 jogos inesquecíveis, sendo 1 vitoria e uma derrota.

1 – 02/06/2000, Jogo 6 contra o Knicks, que nos levou para as Finais, quando ganhamos em pleno MSG.

2 – 02/05/2002, Jogo 5 do 1st Round, em que perdemos para os Nets. Naquele jogo em que Reggie Miller cavou uma falta para 3 FT´s a poucos segundos do fim, e na prorrogação acertou um arremesso de 3 no finalzinho também. Pena que no 2º OT esquecemos de jogar.

Jogador Preferido: Pra mim não tem como não ser Reggie Miller… Sempre um grande jogador. Fez parte de bons times com Rose, Smiths, Jackson e Davis, mas também segurou a bronca quando jogamos com Jeff Foster, Croshere e Cia.

Minha história com o Pacers:

Quando comecei a acompanhar os Pacers, tínhamos um time digno de ganhar a NBA, se não tivéssemos um supertime(Lakers) naquele período.

Tudo era mais dividido. Na minha turma de amigos, tinha torcedor do Knicks, Heat, Kings, Celtics e, claro, viúvas do Bulls. Mais jogos dos Pacers passavam na TV(até o TNT transmitia), e nos reuníamos para ver os jogos.

Era o inicio de jogadores que hoje estão próximos de encerrar a carreira, como Tim Duncan, Steve Nash, Dirk Nowitzki, Kevin Garnett, Rasheed Wallace, Vince Carter, além daqueles que já não figuram mais como Allen Iverson, Tracy Mcgrady.

Época em que o Grizzlies era de Vancouver, o Nets de New Jersey, o Thunder era de Seattle e se chamava Supersonics, e o Charlotte Hornets era o original.

Mas voltemos a falar dos Pacers.

Além dos jogos marcantes que já citei, tem os momentos de antes de eu começar a assistir com frequencia, como os 8 pontos em 9 segundos, o “confronto” Reggie Miller vs. Spike Lee, e depois os demais jogos da época contra o Knicks, afinal, o Knicks de ontem é o Heat de hoje.

Depois da NBA Finals o time começou a se reformular e depois de 2 quedas no 1st Round voltamos às finais de Conferência, com um time que particularmente não me empolgava tanto.

Em 2006 deixamos o time Reggie Miller, o bom basquete e eu(até o Artest). Confesso que já não acompanhava mais como antes. Achei que o Peja Stojakovic(que eu achava um grande jogador) viria para comandar o time após a saída do RG31, mas ele acabou saindo junto conosco.

Depois de um período sem acompanhar de perto os Pacers, em 2010 voltei a acompanhar de perto. Afinal agora temos o advento da Internet, que nos permite acompanhar vários jogos.

Um time que começou tímido e foi se formatando para grandes exibições.

Espero que agora nosso time possa voltar a ser o que foi no final da temporada 12/13 e inicio da 13/14 para continuarmos a brigar por voos maiores.

——————————————————————————————————————————-

Esse foi o “Torcida Pacers” do Roberto Raposo. Obrigado Roberto!

Se você leitor também tiver interesse de contar a sua história com o Indiana ou tiver alguma sugestão, fale comigo no twitter ou deixe aí nos comentários!

Anúncios
Publicado em Torcida Pacers | Deixe um comentário

Lance Stephenson saindo, Rodney Stuckey chegando

A “novela” Lance Stephenson acabou mal para o Indiana, na última quarta-feira, dia 16/07, o jogador decidiu não aceitar a oferta de 44 milhões por 5 anos feita pelo time e assinou contrato com o Hornets.
O maior empecilho para renovação de Stephenson foi quanto a duração do contrato, nem o jogador nem seu staff queriam um contrato de 5 anos, e as duas ofertas feitas a ele por Indiana foram por esse período.No Hornets o Lance terá um vínculo por 3 anos(o último team-option), recebendo 27 milhões de dólares, mas com só 18 milhões garantidos.

Na própria quarta feira o agente de Lance, Alberto Ebanks divulgou uma nota de explicando os motivos da saída e agradecendo a torcida do Pacers, o staff técnico do Indiana, os companheiros de equipe e principalmente Larry Bird, o qual é considerado por Lance como um dos responsáveis pelo seu crescimento como jogador.

O “Born Ready” deixará saudades em Indiana(bastante nesse que os escreve, que tinha nele um dos seus jogadores favoritos no atual time do Indiana), mesmo meio malucão ele era muito querido por toda a torcida, além de ser um ótimo jogador ainda com muito a evoluir.

Obrigado Lance, e sorte em Charlotte!

O Pacers agiu rápido para substituir Stephenson e na quinta-feira foi anunciado o acordo com o ex-jogador do Pistons, Rodney Stuckey.

Stuckey, que passou todos os seus 7 anos de NBA em Detroit, assinou um contrato para receber o mínimo de veteranos definido pela NBA.O ala-armador de 28 anos nascido em Seattle, tem médias de 13.4 pts(43,6% FG e 27,2% 3PT), 2.9 rebs e 3.9 ast em 29 minutos por jogo na liga e chega para disputar a vaga deixada por Stephenson com CJ Miles, que chegou a poucos dias do Cleveland.

Em entrevista a repórter do Indianapolis Star, Candace Buckner, Stuckey entre outras coisas disse que está muito feliz por chegar a um acordo com um grande time e aproveitou também para criticar algumas pessoas(sem citar nomes) do seu ex-time, declarando que odeia perder, e em Detroit alguns aceitavam as derrotas.

Stuckey em ação contra o Pacers na última temporada(Pat Lovell/USA TODAY Sports )

Stuckey em ação contra o Pacers na última temporada(Pat Lovell/USA TODAY Sports )

Publicado em Temporada 2014/2015 | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Pacers libera Evan Turner e fecha com Shayne Whittington, Damjan Rudez e CJ Miles

A principal prioridade da offseason ainda não foi cumprida, Lance Stephenson tem na mesa uma oferta de 44 milhões por 5 anos, mas segundo rumores prefere ouvir ofertas de outros times antes de responder ao Pacers.

Mas isso não significa que o Indiana não está se movendo, pelo contrário, é até agora o time que mais se movimentou nesses dois dias da free agency

No primeiro dia foi anunciado que Evan Turner não seguirá no Pacers e que foi acertada a chegada, com um contrato não garantido, do pivô que não foi escolhido no draft 2014, Shayne Whittington.

No segundo dia chegaram CJ Miles, ex-Cleveland, e o ala-pivô croata Damjam Rudez, que jogou na última temporada pelo Zaragoza da Espanha.

Com a chegada de Rudez e Miles, Bird tenta resolver um dos principais problemas do time na última temporada, os arremessos de 3 pontos, fundamento no qual o time foi apenas o 22º colocado entre os 30 times.

Abaixo um pouco sobre cada um desses jogadores:

Evan Turner

Evan Turner em ação pelo Pacers(Ron Hoskins/Getty Images)

Evan Turner em ação pelo Pacers(Ron Hoskins/Getty Images)

Depois da decepcionante passagem de Turner (que chegou em um troca que envolveu Danny Granger) pelo Pacers, Indiana resolveu não exercer sua prioridade e o transformou em um agente irrestrito, o que significa que agora ele pode assinar com qualquer equipe da liga, até mesmo com o próprio Indiana.

Turner era considerado o plano B a Lance Stephenson, caso Lance não continuasse no time, Turner seria o SG da próxima temporada, mas após atuações decepcionantes isso se torna cada vez mais difícil. Turner não deixará saudades em Indianapolis.

O que veremos agora é o que sua passagem decepcionante pelo Pacers irá fazer com as ofertas de contrato que ele terá para próxima temporada.

Shayne Whittington
Shayne Whittington(21) jogando por Western Michigan(Tony Dejak/Associated Press)

Shayne Whittington(21) jogando por Western Michigan(Tony Dejak/Associated Press)

Shayne é um pivô de 2,08 metros proveniente de Western Michigan, que esteve presente no último draft, mas não foi escolhido.

Na última temporada em Michigan obteve médias de 16.1 pontos (52% FG) e 8.9 rebotes por jogo.

Ele não participará da Summer League, pois esta com uma lesão na fíbula que deve deixa-lo fora de jogo por mais um mês.

O contrato de Shayne não é garantido, e só um bom trabalho na pré temporada deve mantê-lo no elenco.

Damjan Rudez
Damjam Rudez representando a seleção croata(Getty/AndreJ Isakovic)

Damjam Rudez representando a seleção croata(Getty/AndreJ Isakovic)

O croata de 28 anos Damjan Rudez é um ala-pivô de 2,10m que disputou a última temporada da liga ACB pelo Zaragoza.

Ele até já recebeu as boas vindas de George Hill.

Rudez é um ótimo arremessador do perímetro e obteve uma média superior a 50% em tiros de 3Pts nos seus 16 jogos representando a Croácia na EuroBasket 2013, e 44% na liga ACB pelo Zaragoza.

O ala-pivô, que esteve no draft de 2008 mas não foi escolhido, também interessava ao Cavs, Jazz e Raptors.

O contrato é de três anos, iniciando com o pagamento de 1,1 milhão no primeiro ano.

Sua chegada pode significar a saída de Luis Scola ou Chris Copeland.

 

CJ Miles

 

Reprodução de CJ Miles já com a camisa do Pacers(instagram)

Reprodução de CJ Miles já com a camisa do Pacers(instagram)

O maior movimento do dia em Indianapolis foi a chegada de CJ Miles.

O ala-armador de 27 anos e 1,98m chega ao Pacers com um contrato de 18 milhões por 4 anos.

A principio deve chegar para ser o backup de Lance Stephenson, se esse resolver ficar.

Miles obteve na última temporada médias de 9.9 pontos com 43,5% nos arremessos e 39,3% nos arremessos de 3 pontos, 2 rebotes e 1 assistências nos 51 jogos que disputou pelo Cavs.

Para informações em tempo real, siga o perfil do Pacer Nation Brasil no twitter.

Publicado em Temporada 2014/2015 | Marcado com , , , , , , , | 5 Comentários

Summer League Orlando 2014

Imagem

Solomon Hill estará no roster da Summer League(nba.com)

Prezados companheiros, quem já estiver com saudades do basquete e de ver nosso Indiana Pacers em ação vai matar um pouco da saudade na já tradicional Summer League de Orlando que acontecerá de 5 a 11 de Julho, em Orlando (obviamente).

Os times que participarão deste torneio neste ano serão: Orlando Magic, Boston Celtics, Brooklyn Nets, Detroit Pistons, Houston Rockets, Indiana Pacers, Memphis Grizzlies, Miami Heat, Oklahoma City Thunder e Philadelphia 76ers.

O time será comandado pelo assistente do Pacers, Dan Burke e deve contar com três jogadores que disputaram a última temporada pelo Pacers, Solomon Hill, Donald Sloan e Lavoy Allen. O roster deve completo será esse:

Núm. Nome Pos. Altura Idade Último time
5 Lavoy Allen C 2,10 25 Indiana Pacers (NBA)
19 Arinze Onuaku C 2,10 26 Canton Charge (NBADL)
11 James Nunnally F 2,04 24 Philadelphia 76ers (NBA)
18 Tyler Stone F 2,07 22 SE Missouri State Redhawks (NCAA)
25 Kevin Jones F 2,07 24 San Miguel Beermen (Philippines)
29 DeQuan Jones F 2,07 24 Reno Bighorns (NBADL)
42 Jackie Carmichael F 2,10 24 Iowa Energy (NBADL)
44 Solomon Hill F 2,04 23 Indiana Pacers (NBA)
2 Dee Bost G 1,89 24 Idaho Stampede (NBADL)
6 Roger Mason, Jr. G 1,98 33 Miami Heat (NBA)
14 Frank Gaines G 1,92 23 Maine Red Claws (NBADL)
15 Donald Sloan G 1,92 26 Indiana Pacers (NBA)
17 Sadiel Rojas G 1,95 24 Fort Wayne Mad Ants (NBADL)
23 Jake Odum G 1,95 22 Indiana State Sycamores (NCAA)

Dos 14 jogadores desse elenco, apenas Solomon Hill tem garantido um lugar no roster do Indiana para a temporada 2014/2015. Quem fizer bons jogos nessa Summer League, pode conseguir um lugar pra completar o elenco da próxima temporada, como fizeram Donald Sloan e Rasual Butler na edição do ano passado.

O time se reúne no dia 1º de julho em Indianapolis, onde fica treinando até o dia 4, quenado parte para Orlando para estrear no dia seguinte, enfrentando o Nets.

Abaixo links com performance destes ilustres desconhecidos que podem pintar no nosso elenco para a próxima temporada

Onuaku – http://www.youtube.com/watch?v=SjO8Eb-Dlms
Nunnally – http://www.youtube.com/watch?v=dh73a9tprpc
T.Stone – http://www.youtube.com/watch?v=OAK8Q7S_Fgg
K.Jones – http://www.youtube.com/watch?v=eTPSLojpJYk
D.Jones – http://www.youtube.com/watch?v=KMQBT8ioMiE
Carmichael – http://www.youtube.com/watch?v=M96Dt5swZq8
D.Bost – http://www.youtube.com/watch?v=K_EiIvWZK-w
R.Mason – http://www.youtube.com/watch?v=ZtPEEJ7HPj4
Gaines – http://www.youtube.com/watch?v=AsZN3nn3vmo
Rojas – http://www.youtube.com/watch?v=ey5fy_lSYcY
J.Odum – https://www.youtube.com/watch?v=k0SHFHJD_Zc

O Pacers fará os seguintes jogos nessa Summer League:

Data Horário Adversário
05/jul 10:00 Nets
07/jul 16:00 Celtics
09/jul 16:00 Thunder
10/jul 16:00 Heat

No último dia(11 de julho), os times, de acordo com sua classificação nos primeiros 4 jogos, se enfrentam no Championship Day. Os confrontos se darão da seguinte maneira:

Horário Time 1 Time 2
09:00 x
11:00 x
13:00 x
15:00 x
17:00 10º x

Aqui você encontra a programação completa da Orlando Summer League:
http://www.nba.com/pacers/news/pacers-begin-summer-league-play-july-5-orlando

Publicado em Sem categoria, Summer League | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Pacers seleciona pivô francês no draft e repassa ao Knicks

Em um draft que é considerado por muitos o melhor desde 2003(draft de James, Anthony, Wade, Bosh, etc), o Pacers selecionou na 57º escolha (que era sua única na noite, já que a outra foi envolvida na troca que trouxe Scola a Indiana) o pivô francês Louis Labeyrie, de 22 anos e 2,08m de altura.

Louis Labeyrie(lnb.fr)

Louis Labeyrie(lnb.fr)

Labeyrie que joga pelo Paris-Levallois Basket que disputa a LNB Pro A, principal liga do basquete francês, teve médias de 5.7 pts, 3.4 rebotes em 12 minutos por jogo na última temporada da liga francesa.

 

Mas Labeyrie nem vai chegar a vestir a camisa do Pacers, na própria noite do draft foi repassado ao Knicks, em troca de uma compensação financeira.

A intenção do Pacers é não comprometer seu cap com nenhum outro jogador, pelo menos até cumprir a principal meta dessa free agency: manter Lance Stephenson sem ultrapassar o valor máximo permitido de salários pela liga já que o dono do time, Herb Simon declarou que não pretende entrar na luxury tax.

Os destaques da noite do draft foram as primeiras escolhas, Andrew Wiggins(Cavaliers) e Jabari Parker(Bucks), além da surpresa Bruno Caboclo, o brasileiro não estava entre os mais cotados da noite, mas acabou sendo escolhido pelo Raptors na 20º escolha.

Publicado em Draft, Temporada 2014/2015 | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Frank Vogel chega a 150 vitórias com o Pacers em Temporada Regular

A carreira de Frank Vogel na NBA sempre esteve vinculada com Jim O’Brien. Vogel foi assistente de O’Brien em todos os times que ele comandou a partir de 2001 até 2011.

O primeiro foi o Boston Celtics onde ambos ficaram entre 2001 e 2004 quando O’Brien, por problemas com o comando da franquia, pediu demissão. Depois eles passaram um ano no 76ers, 2005-2006. Após passagem pela Philadelphia, Vogel e O’Brien ficaram dois anos longe da NBA até chegarem juntos ao Indiana em 2007.

Após 3 temporadas e meia com O’Brien no comando, o Pacers colecionava temporadas frustrantes e somava o quarto ano consecutivo fora dos playoffs.

No final de janeiro de 2011, Larry Bird chamou Jim O’Brien a sua sala para informá-lo de sua demissão.

Mas, antes da saída, Bird quis uma última opinião: quem O’Brien recomendaria para substituí-lo como interino até o fim da temporada? Ele indicou o seu assistente de longa data, Frank Vogel.

Em entrevista ao USA Today Bird contou como foi a reação de Vogel quando perguntado se queria comandar o time:

“Eu perguntei a ele se ele estava interessado no cargo. Ele respondeu ‘Não sei, vou pensar sobre isso.’”

“Eu falei: ‘Não, não, não. Isso é NBA. Se você não quiser eu vou achar alguém que queira.”

“Eu sabia que ele não queria magoar O’Brien. Ele saiu da sala então. Mais tarde liguei pra ele e disse ‘O trabalho é seu.’”

Nos primeiros 10 jogos de Vogel no comando do Pacers o time conseguiu 7 vitórias. No final da temporada regular, com uma campanha de 37 vitórias e 45 derrotas(20-18 durante o comando de Vogel), o time chegou aos playoffs após quatro temporadas.

O resto da história é bem conhecido. Vogel foi efetivado no cargo e o Pacers não ficou mais fora da pós-temporada.

Temporada

Vitórias

Derrotas

Playoffs

2010-2011

20

18

Primeira Rodada

2011-2012

42

24

Semifinais Conf

2012-2013

49

32

Finais Conf.

2013-2014

39

10

?

Vogel, que essa temporada também vai comandar o time do Leste no All Star Game, chegou ontem, no jogão contra o Blazers, a vitória de número 150 em temporada regular pelo Pacers. É atualmente o 4º técnico com mais vitórias na história da franquia e o 2º com melhor aproveitamento de vitórias.

Técnico

Temp.

Jogos

Vitórias

Derrotas

Aproveitamento

Slick Leonard

1969-1980

985

529

456

53.7%

Larry Brown

1994-1997

328

190

138

57.9%

Rick Carlisle

2004-2007

328

181

147

55.2%

Frank Vogel

2011-

234

150

84

64.1%

Larry Bird

1998-2000

214

147

67

68.7%

Vogel vem melhorando suas campanhas temporada após temporada e cada vez avançando uma rodada a mais nos playoffs, se seguir esse ritmo, essa será a temporada em que o Pacers chegará a sua segunda final de NBA.

Mas o que a torcida quer é que esse ritmo seja quebrado e que além de chegar as finais o título também venha .

A temporada ainda é longa mas todos sabem do potencial de Vogel e do time e acreditam que o objetivo maior da temporada pode chegar.

Parabéns Coach, muito mais vitórias virão!

Publicado em Notícias, Temporada 2013/2014 | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Paul George estará no desafio de enterradas do All Star Weekend

A NBA divulgou hoje os participantes do desafio de enterradas que vai ser disputado durante o All Star Weekend em New Orleans, o ala do Pacers, Paul George, é um dos 6 escolhidos para o evento.

PG 360 Windmill(Pacers.com)

PG 360 Windmill(Pacers.com)

George, que vai estar também no All Star Game no mesmo fim de semana, vai competir com John Wall(Washington Wizards), Damian Lillard(Portland TraiBlazers), Harrison Barnes(Golden State Warriors), Ben McLemore(Sacramento Kings) e o atual campeão Terrence Ross(Toronto Raptors).

O ala que protagonizou na metade de janeiro a enterrada que muitos consideram a enterrada da temporada até o momento, vai participar do desafio pela segunda vez. Em 2012 ele foi o 3º colocado na competição vencida por Jeremy Evans do Utah Jazz.

Abaixo as duas enterradas de PG no desafio de 2012.

A primeira saltando sobre Roy Hibbert e David West

A segunda é uma parecida com a famosa enterrada dessa temporada contra o Clippers, 360 Windmill, só que com as luzes apagadas e fitas fluorecentes no uniforme.

Paul George tem agora mais uma chance para mostrar o seu grande arsenal de enterradas que os torcedores do Pacers conhecem tão bem.

O Slum Dunk Contest acontece no sábado dia 15 de fevereiro e terá transmissão da ESPN e do Space.

Publicado em #24 - Paul George, Notícias, Temporada 2013/2014 | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário